• [email protected]

    Member
    08/05/2024 a 10:39

    Com base no texto de Brueggemann (p. 668-670) , a vocação de Israel , de acordo com Ex 19:5-6, em relação ao bem estar e cura dos povos, explico o seguinte:

    No sumário do encontro do Sinai, Javé assegura a Israel
    por meio de Moisés: “porque toda a terra é minha; vós me sereis reino
    de sacerdotes e nação santa” (Ex 19,5-6). Porém, se Israel deve ser um reino de sacerdotes
    (ou um reino sacerdotal), podemos questionar: de quem e para quem serão
    sacerdotes? Por um lado, a resposta é de Javé, oferecendo sacrifícios a ele.

    Por outro lado, talvez a nação de Israe se ofereça como sacerdote
    para outras nações, como mediadora e intercessora pelo bem-estar das demais nações do mundo, visto que a função
    sacerdotal consiste em possibilitar o bem-estar e a cura no mundo. E, no
    final das contas, consiste em possibilitar a comunhão entre Javé e o mundo. Uma razão para a existência de Israel é que a criação está sob
    maldição pela desobediência, e Javé deseja insistentemente que o mundo
    seja trazido à bênção. Para isso, Deus Criou Israel para essa tarefa.

  • Josué

    Member
    08/05/2024 a 21:14

    Todas as nações pertencem a Deus, pois foi ele quem criou a todas, como encontramos no Salmo 24 “Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe, o mundo e os que nele vivem”. Na aliança com Noé, Deus inclui toda a criação, e a partir dos seus filhos todos os povos em sua bênção de preservação. No entanto, novamente, as nações resistem a vontade de Deus como vemos no testemunho da torre de Babel. As nações que são de Deus, estão sob maldição. Assim, Israel é um povo levantado por Deus, para que como sacerdotes, proceda-se à reversão das maldições e possa trazer a bênção da presença e vontade de Deus, sobre todas as nações. Assim proclama o salmista em relação a Israel para que seja possível a bênção de Deus às nações: “Seja Deus gracioso para conosco, e nos abençoe, e faça resplandecer sobre nós o rosto; para que se conheça na terra o teu caminho e, em todas as nações, a tua salvação”. Salmo 67.

  • Kalley

    Member
    08/05/2024 a 21:34

    Com base no texto de Brueggemann (p.668-670) , explique a vocação de Israel , de acordo com Ex 19:5-6, em relação ao bem estar e cura dos povos.

    Por Javé escolher Israel, esse povo tem um privilégio de um relacionamento especial com Ele. Uma proximidade intima, pactual, única. Mas a eleição não dá apenas esse privilégio.

    Israel recebe uma missão de Javé no mundo – ele tem um propósito no mundo. Israel não é um povo para viver voltado para si. Deve viver para Javé. Deve viver em prol do bem-estar do mundo, onde todo mundo é domínio de Javé. Israel tem um propósito de mediar a bênção de Javé para os povos.

    Ele tem um chamado para ser luz para as nações. Então a eleição, a escolha de Israel não visam sua salvação, mas visa a bênção para os outros povos. Mas, ao mesmo tempo que Javé ama Israel, este também te deveres para com Javé. Isto se dá dentro do contexto da Aliança. O Soberano tem expectativas em relação ao povo que amou e escolheu, o que é expresso na Aliança. É a Aliança que vai expressar o relacionamento entre Javé e Israel.

    Israel existe para ser cooperador de Javé na cura do mundo! Ele foi chamado para ser luz para as nações. Mas Israel falha e aquilo que ele não faz, Cristo ao vir ao mundo o fez. Ele se tornou a luz do mundo.

  • Domingos Savio

    Member
    09/05/2024 a 21:24

    <b style=”font-family: inherit; font-size: inherit; color: var(–bb-body-text-color); background-color: var(–bb-content-background-color);”>Com base no texto de Brueggemann (p.668-670) , explique a vocação de Israel , de acordo com Ex 19:5-6, em relação ao bem estar e cura dos povos.

    Javé escolheu o povo de Israel para dar a nação um testemunho de cura.O povo escolhido por Javé tem um privilégio de especial, de Javé curar eles, a partir dessa cura Israel dar testemunho que Javé tem poder para curar não somente Israel, mas todas as nações do mundo.

    Israel existir para ser cooperador de Javé em curar o mundo. Javé o ama e tem um propósito de ser um instrumento de cura para os povos. Israel vive para o bem-estar do mundo.

    As nações e a criação como parceiros de Javé. Israel é o parceiro privilegiado de Javé. Javé é Deus de todas as nações. Javé reina sobre as nações(Sl 96:10).A aliança Noiaca aplica-se a todas as nações. Javé fez aliança com a criação inteira.

  • Marcos Roberto

    Member
    10/05/2024 a 11:38

    Javé explicita a Israel por intermédio de Moises a sua aliança. Ele coloca a fidelidade de Israel como condicionante a esta bênção (Se me obedecerem e guardarem a aliança) . Javé posiciona Israel como tesouro particular dentre todas as nações. Muito embora “toda” a terra o pertença , Javé chama Israel como um reino de sacerdotes e uma nação santa.

    Infere-se do texto que Javé chamou Israel para cura e também juízo das nações.

  • luiz

    Member
    10/05/2024 a 12:21

    Israel foi escolhido por Javé como povo exclusivo Dele, por meio à aliança feita com os patriarcas Javé cuidou e cuida de Israel e os separou para o propósito de curar as outras nações, deveria ser um exemplo de como é uma nação guardada por Deus. Israel experimento de forma singular as maravilhas de Deus.

  • Daniel

    Member
    10/05/2024 a 14:13

    Ao chamar Abrão, Deus lhe prometeu que “todas as famílias da terra serão abençoadas por meio de ti” e Israel, como descendente, correspondente direto de Abrão, seria meio de cumprimento dessa promessa. Para Javé, Israel é “reino de sacerdotes e nação santa”. Uma nação sacerdotal, mediadora e intercessora, sob a seguinte condição imposta por Javé: “se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança”. A interpretação desse bem-estar estendido a todo o mundo e a cura dos povos ganham reforço com Dêutero-Isaías: “Eu, o Senhor, te chamei em justiça, e te tomarei pela mão, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, e para luz dos gentios. Para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas” (Is 42. 6,7).

  • Gustavo leonan

    Member
    10/05/2024 a 14:22

    Com base no texto de Brueggemann (p.668-670) , explique a vocação de Israel, de acordo com Ex 19:5-6, em relação ao bem estar e cura dos povos.

    R: O povo de Israel foi escolhido por Javé para ser a própria representação de Javé diante da sociedade. Israel recebe uma aliança feita por Deus numa dupla vocação. Ser sacerdote de Deus para Deus e diante de outras nações. A manifestação de Israel como cura para outras nações e juízo estabelece uma réplica do próprio relacionamento e comportamento de Javé com seu povo.

    Israel é fruto do amor do milagre pelo amor de Javé e assim deverá se manifestar como representante de Deus para as outras nações.

  • DANIEL

    Member
    10/05/2024 a 14:53

    A primeira parte de Gênesis vemos a queda da humanidade e a maldição que se abateu sobre as nações, mas a partir de Abraão (Gn. 12-36), surge uma nova narrativa, com a promessa de Deus abençoar Abraão e seus descendentes. Essa promessa marca uma mudança radical da narrativa bíblica, chamando Abraão para uma missão, a de ser o pai de uma grande nação que seria uma benção para o mundo inteiro. Israel surge para ser “um reino de sacerdotes e uma nação santa” (Ex. 19:5-6).

    A vocação de Israel não era apenas para seu próprio benefício, mas para o bem de todas as nações, pois, por meio de Israel, Através de Israel, Deus derramaria sua bênção sobre o mundo inteiro.

  • Samuel

    Member
    10/05/2024 a 17:07

    O ciclo patriarcal em Gênesis 12-36 é marcado uma significativa mudança de ênfase, substituindo as maldições por uma promessa de bênção às nações através de Abraão e sua linhagem. Brueggemann argumenta que essa narrativa estabelece a vocação de Israel, conforme declarado em Êxodo 19:5-6, onde Deus afirma que Israel será um reino de sacerdotes e uma nação santa. Isso sugere que a missão de Israel é servir como mediador de bênçãos e cura para todas as nações, refletindo o plano de Deus para o bem de todos os povos.

  • Alejandro

    Alejandro

    Administrator
    12/05/2024 a 22:37

    A vocação de Israel, conforme descrita em Êxodo 19:5-6 e explicada por Brueggemann, mostra que o povo de Israel foi escolhido por Deus com um propósito especial. Não foi só para ter um relacionamento especial com Deus, mas também para servir como exemplo vivo do que significa viver segundo os valores de Javé.

    Israel foi chamado não apenas para seu próprio bem, mas também para beneficiar outras nações ao seu redor. Eles deveriam compartilhar com outros povos os dons e a graça que receberam de Javé, promovendo justiça, amor e reconciliação.

    Essa missão de Israel era para ser uma luz para as outras nações, buscando o bem de todos e ajudando na cura espiritual e social das pessoas, de acordo com o plano de Jave para toda a humanidade.

O fórum '3º Fórum de Teologia do Antigo Testamento' está fechado para novas discussões e respostas.

Início da Discussão
0 de 0 respostas De junho de 2018
Agora